IaaS: mais vantagens com um investimento reduzido

7 Novembro, 2017
escolher um parceiro de outsourcing de TI
3 passos para escolher um parceiro de outsourcing de TI
2 Novembro, 2017
managed services
O que são managed services e o que pode a minha empresa ganhar com isso?
17 Novembro, 2017
IaaS: mais vantagens com um investimento reduzido

Qualquer empresa tem como foco principal gerir os recursos para baixar despesas e aumentar lucros. Com a globalização do negócio, muitos desses recursos foram transferidos para a aquisição de um parque informático e demais soluções, material de desgaste rápido e de manutenção elevada. Se a isto juntarmos o software, desenvolvimento de aplicações próprias e infraestrutura para guardar dados com o máximo de segurança, concluímos rapidamente que estamos a alocar uma elevada quantidade de recursos ao funcionamento do negócio, sem lhe acrescentar valor. É urgente escolher outra solução. E é aqui que entra a Infrastructure as a Service (IaaS).

A IaaS, a infraestrutura como serviço numa tradução livre, possibilita a criação de toda uma infraestrutura tecnológica instantânea que permite alocar e gerir todos os serviços através da internet. Este serviço permite aumentar ou reduzir, de forma rápida e vertical, a infraestrutura empresarial, e possibilita que a organização pague apenas o que realmente utiliza.

Este tipo de solução evita os custos e complexidade de aquisição e manutenção de uma infraestrutura física, como servidores e data centers. Essa gestão passa a ser feita pelo fornecedor de serviços de informática na cloud. À empresa, cabe apenas comprar, instalar e gerir o próprio software.

Como tirar partido da infraestrutura na cloud?

As vantagens de apostar na virtualização da infraestrutura do negócio são várias. Esta modalidade permite às empresas tirar partido de soluções tecnologicamente mais avançadas sem a necessidade de um investimento elevado nas soluções mais modernas. Ao apostar no modelo de infraestrutura como serviço, o investimento nesta área fica reduzido, uma vez que estes encargos passam a ser ónus do prestador de serviço.

Mas as vantagens da infraestrutura virtual não se prendem apenas com a poupança que esta solução permite. A IaaS é também perfeita para testar e desenvolver ideias, projetos e aplicações ou disponibilizá-las através do próprio alojamento de websites. Uma organização, que pela sua dimensão não justifique o investimento em soluções mais complexas, encontra, nos parceiros de infraestrutura na cloud, soluções pontuais para resolver este tipo de situações.

A infraestrutura na cloud facilita também a análise de macrodados, fornecendo o necessário poder de processamento de forma mais económica, simplificando o entendimento do mercado através da análise aos padrões e tendências. As empresas podem, deste modo, aumentar ou reduzir vertical e facilmente a infraestrutura de acordo com a exigência do seu mercado sem a necessidade de constantes investimentos em nova tecnologia e reforços de equipa.

Principais vantagens de uma infraestrutura virtualizada

A principal vantagem de apostar neste modelo é, sem dúvida a flexibilidade económica. Com a migração do serviço para uma solução na cloud, reduzem-se os custos fixos, quer em espaço físico, como em postos de trabalho. Esses recursos podem ser alocados na investigação e desenvolvimento de novas soluções. Por exemplo, um escritório de menores dimensões, onde não seja necessário alojar data centers físicos, é menos dispendioso. Esta situação permite a startups e a pequenas empresas aproximarem-se geograficamente dos centros de decisão

Ganha-se também em tempo: o escalonamento é rápido e quase imediato. O mercado evolui a uma velocidade vertiginosa e as empresas são obrigadas a responder quase de imediato às alterações das condições comerciais. Numa IaaS, é possível aumentar verticalmente os recursos para dar resposta a uma exigência particular, com recursos que podem depois ser reduzidos. Basta escolher a infraestrutura de computação necessária para a nova dinâmica, algo que fica disponível numa questão de minutos ou poucas horas, ao contrário de uma infraestrutura física.

A segurança é uma das prioridades neste modelo. O fornecedor de serviços é responsável pela segurança das aplicações e dados do contrato, estando preparado para responder de imediato às ameaças mais graves e repentinas. Com uma infraestrutura virtual aumenta-se a estabilidade e fiabilidade do software e hardware através do contrato com o fornecedor, que garante o suporte da infraestrutura para cumprir os SLAs.

Migrar? Chegou a hora!

Recorrer aos serviços da nuvem é cada vez mais comum. Existe uma poupança real de recursos e uma maior segurança, numa altura em que os ataques cibernéticos são uma constante e se exige mais rapidez na capacidade de resposta. Esta realidade é o garante do sucesso de uma empresa. Senão, vejamos:

Ao sistema tradicional da TI em Data Center próprio está a ser abandonado em favor da contratação de infraestrutura como serviço. O aumento da procura de soluções IaaS na receita global de Cloud Computing cresceu 40% desde 2011 e as projeções da consultora Gartner apontam uma taxa de expansão de 25%, até 2019.

Análises publicadas pelas consultoras Frost & Sullivan, IDC e Gartner, concluíram que a migração para a Could Computing garante ganhos para as empresas através de maior agilidade de processos, sustentabilidade de negócio e maior foco na atividade principal.

Flexibilidade e agilidade são sinónimos de sucesso e crescimento sustentável. Os benefícios da migração para a IaaS são imediatos quando comparados com a manutenção de uma infraestrutura tradicional de TI em ambiente interno. Qualquer mudança requer conhecimento e planeamento rigoroso com análise de riscos e adoção das medidas necessárias para tão grande e importante empreendimento.

Subscreva o nosso blog e para ficar a par das mais recentes inovações sobre o mercado das TI.